RumoNet Viagens. Viaje pelo Brasil e o Novo Mundo!
    Fale conosco pelo telefone +55 (11) 3164-1647
    ou no e-mail contato@rumonet.com.br
    Minha contaAcessar | Registrar

Câmbio

Acompanhe a cotação das moedas internacionais e planeje melhor sua viagem.

Carregando...
fechar

CONSULTA DE ORÇAMENTO/VOUCHER

Buscar
fechar

Acesse sua conta

E-mail/Login
Senha
Esqueceu sua senha?
Entrar
Clique aqui e fale direto conosco através do WhastApp (11 3164-1647)

Catskill Mountains - ESTADOS UNIDOS

Catskill Mountains - ESTADOS UNIDOS
Voltar para o Guia de Destinos

Catskill Mountains

ESTADOS UNIDOS

Não necessita de vacinas

Para solicitação do seu visto para os Estados Unidos entre em contato com a Schultz Vistos ou acesse "Informações Complementares"

Idioma: Inglês

A região conhecida como Catskill Mountains é um conjunto de montanhas que abriga povoados, fazendas e sítios históricos do período colonial americano, e uma série de belas paisagens, ricas em atrativos naturais como formações rochosas incomuns, cavernas, grutas e cachoeiras. 

É explorando a parte sul do estado de Nova Iorque que entramos na Scenic 30, uma estrada rural idílica que nos faz voltar no tempo, começando no braço leste da NY-17 em Hancock (perto da divisa de Nova Iorque com Pensilvânia). Esta viagem pelas encantadoras cidadesinhas das Montanhas Catskill termina em Esperance, NY.

Os povoados de Shinhopple, Corbett, Colchester e Downsville estão aninhados nas montanhas ao longo da margem leste do rio Delaware, que flui para o reservatório Pepacton. A estrada contorna as margens do reservatório, num caminho sinuoso até a aldeia de Margaretville.

Margaretville remonta ao início dos anos 1700 e é famosa por ser a cidade natal de Dr. Orvan Hess, inventor do monitor cardíaco fetal. Sua beleza natural tem sido cobiçada como cenário para vários filmes.

Daqui, pode-se continuar pela NY-30 ou aproveitar as atividades que se encontram a leste entrando à direita na NY-28:
 

Em Arkville, subir a bordo do Delaware e Ulster Railroad (A1) para uma viagem de 2 horas de volta no tempo. A estação Arkville mantém o seu encanto histórico com muitos itens originais, como lanternas chinesas, chaves e materiais impressos. Conhecido no passado como "a linha de trem mais bela do Oriente", o trem viaja até a Estação Roxbury. A ferrovia está aberta no fim de semana do Memorial Day em toda a estação.

 

Logo após Arkville encontra-se a Belleayre Mountain (A2), que tem sido um destino de esqui desde o final da década de 1880. Hoje, a montanha oferece 55 trilhas, parques e clareiras. No verão, as trilhas estão abertas para caminhadas, ciclismo e tem até uma piscina chamada de Belleayre Beach, onde se pode pescar trutas e andar de caiaque. Há mercados de antiguidades para explorar e atividades noturnas de entretenimento “outdoor” como as do Festival de Música Belleayre.

Hunter Mountain (A7) é um destino popular o ano inteiro. Aproveite para esquiar, fazer snowboard e se divertir nos tubos de neve seja inverno, primavera, verão ou outono, além de tantas outras atividades como caminhadas, ciclismo, pesca, golfe, tirolesa, arvorismo e festivais de fim de semana.

Kaaterskill Falls (V1) é a cachoeira de dois níveis mais alta do estado de Nova Iorque, com 260 pés de altura. São 1,8 milhas de caminhada de ida e volta da base ao topo da cachoeira. Use tênis, pois as rochas podem ser escorregadias. A bacia forma um grande poço, bom para nadar. A trilha é acessível pela NY- 23A em Palenville.

Grande parte das Montanhas Catskills é de propriedade privada, no entanto, o Forest Preserve é uma reserva composta por 290 mil hectares de terras públicas, repletas de montanhas, lagos, rios, cachoeiras e muito mais. São 98 picos de mais de 3.000 metros de altitude com excelentes opções de recreação. Dependendo da época, é possível fazer passeios de barco, pescar, navegar pelas corredeiras, escalar, esquiar e passear de snowmobile. Para pesca, os riachos Esopus, Schoharie e Willowemoc são os preferidos. Centenas de quilômetros de trilhas oferecem opções para todos os níveis de habilidade e muitos estão abertos a ciclismo e a cavalgadas. Outra opção é a imperdível subida a uma das cinco torres de fogo para apreciar a vista. 

Voltando para a NY-30 via NY-23. Passamos pela cidade de Roxbury, com seu Museu Depot Roxbury (M1), que faz parte do Complexo de Ulster e Delaware Railroad Depot & Mill, que, juntamente com o povoado de Roxbury, faz parte do Patrimônio Histórico Nacional. Para quem faz a viagem de trem, é aqui em Roxbury que se desembarca.

O trecho ferroviário de Roxbury a Bloomville ganha nova vida com a Catskill Scenic Trail (H1), uma trilha de 19 milhas perfeita para caminhadas, passeios de bicicleta, cavalgadas e, no inverno, esqui cross-country.

A cidade de Roxbury é o local de nascimento de duas pessoas famosas, o financista Jay Gould e o naturalista John Burroughs. Há muitos atrativos históricos na cidade, como a Primeira e a Segunda Igrejas-Escola Batistas mais antigas: Walter Stratton House e Isaac Hardenbergh House, que podem ser visitadas num tour autoguiado a pé. Vale a pena pegar um folheto na Câmara Municipal ou na Biblioteca de Roxbury. Vale também uma visita aos 11 acres do Kirkside Park. Com tanto da arquitetura do século 19 intacta, o povoado inteiro está listado no Patrimônio Histórico Estadual e Nacional. Neste charmoso povoado rural nos sentimos como se estivéssemos a anos-luz de distância da agitação da cidade de Nova Iorque.

O povoado de Grand Gorge está localizado dentro dos limites do município de Roxbury, conhecido como a “Trilha do Velho Moicano”, nas cabeceiras do rio Delaware.

A NY-30 passa também pelo Schoharie County, onde o Schoharie Creek, um afluente do rio Mohawk, contribui com a barragem Gilboa, de 120 m, construída em 1926. Este reservatório, junto com seu reservatório vizinho, Ashokan, abastece a cidade de Nova Iorque. No Schoharie County há vários povoados e atrativos:
 

O assentamento de Gilboa iniciado em 1760, tornou-se uma cidade em 1848, que foi depois destruída com a construção do Reservatório Schoharie. O Museu de Gilboa (M2) é o lar dos restos fossilizados de árvores, crinóides, peixes antigos e muito mais, inclusive as samambaias Wattieza, consideradas as árvores mais antigas da Terra, que datam do período Devoniano médio, há 380 milhões de anos.

 

A cidade de Blenheim e o povoado de North Blenheim estão logo ao lado. O Centro de Visitantes de Blenheim-Gilboa (E1) sob a jurisdição de Nova Iorque, funciona em um galpão do século 19, sede do Projeto de armazenamento Blenheim-Gilboa Pumped em North Blenheim. A entrada é gratuita. Há muitas exposições e mostras interativas contando a história do Projeto de Energia.

 

Ao lado do Centro de Visitantes está Lansing Manor (A3). Construída em 1819 por John Lansing, a casa no “estilo da Federação” foi restaurada pela Companhia de Energia e está listada no Patrimônio Histórico Nacional. A visitação é gratuita, e mostra o mobiliário antigo fino do século 19. Doação são bem vindas.

 

Próximo dali está o Mine Kill State Park (H2) conhecido pelas Mine Kill Falls, uma cascata de 80 metros que cai por um estreito desfiladeiro. O acesso para a trilha da cachoeira é um quarto de milha a sul da entrada principal do parque e leva a um mirante. É possível também chegar às quedas. Outras opções de lazer na região aqui são a pesca de truta, carpa e badejo no reservatório, canoagem, caiaque e esqui aquático. O inverno oferece surfe e trilhas de esqui cross-country. Não há natação no reservatório, mas há uma piscina olímpica, uma piscina para crianças e uma piscina de mergulho na área. Há uma taxa de entrada para veículos.

 

Continuando ao longo da NY-30 chega-se a Middleburgh, um assentamento do ano 1713. Seus prados de colinas ondulantes, fazendas e fábricas de laticínios aninhados no vale, e as árvores ao redor das montanhas, criam um conjunto de cores espetacular, especialmente no outono.

Na cidade de Fulton, há uma formação geológica mais proeminente conhecida como Nariz de Vroman (H3). Seu nome deve-se à família Vroman, que recebeu a terra no início do século 18. Esta montanha de formato estranho é um local de caminhada bastante popular. A fuga do laço de duas milhas é uma trilha que leva à cúpula da montanha, uma superfície plana, como se o topo da montanha tivesse sido cortado, e oferece uma bela vista do Vale do Schoharie.

A seguir, chega-se ao município de Schoharie, com um povoado de mesmo nome. Foi colonizada por alemães Palatinos no início de 1700. Durante a Guerra da Revolução, a região de Schoharie ficou conhecida como “cesta de pão”, por ter fornecido alimentos, já que era e ainda é uma área agrícola privilegiada.

 

Muitas das fazendas e viveiros ao longo desta rota oferecem frutas e hortaliças caseiras cultivadas em estufas, assados, ervas, artigos florais e presentes. Estão abertas durante a primavera, verão e início do outono.

 

O Schoharie Colonial Heritage Association (M3) foi restaurado e preservado como um dos mais antigos edifícios construídos por colonos alemães Palatinos. A Palatine House, de 1743, conhecida como o Velho Parsonage Luterano, foi construída para o ministro da comunidade, Peter Nicholas Sommers. A casa é agora um museu vivo, e de maio a outubro os visitantes podem fazer passeios guiados pela casa, terras e cemitério. Está aberto nos fins de semana do meio-dia às 16h.

 

O Stone Fort Antique Museum (M4), na aldeia de Schoharie, era originalmente uma igreja holandesa reformada construída em 1772. Mas durante a Guerra da Revolução, uma muralha foi construída em volta. Ainda hoje se vê na parte de trás da construção, o buraco de bala de canhão de uma escaramuça do capitão Mohawk, Joseph Brant e britânicos legalistas. Em 1857 foi vendido para o Estado de Nova Iorque, mas foi novamente usado como arsenal durante a Guerra Civil. Finalmente, em 1888, o Schoharie County Historical Society transformou-no em museu e todo um complexo de estruturas históricas cresceu em torno dele. O tour do complexo visita a casa e o carro de William Badgely, de 1792, o escritório Jackson de advocacia, de 1830, a escola Oliver, a casa Warner, uma estrutura grega, e o celeiro holandês Schaeffer-Ingold. A biblioteca de pesquisa também está aqui e está disponível para os genealogistas e historiadores. O complexo está listado no Patrimônio Histórico Nacional, e é aberto de maio a outubro. Há uma taxa de entrada.

 

Há também o Museu Ferroviário de Schoharie Valley (M5). Todos os edifícios aqui foram construídos por volta de 1875 e você pode visitar a Estação de Passageiros, a Locomotiva, os vagões de passageiros construído em 1891, o Antigo Moinho, o Freight Shed, e a Weigh Station. O museu abriga também um modelo de 1920. 

Deixando Schoharie, vale também pensar num passeio ao longo da County Road 1A até a cidade de Howes Cave:

Visite o Museu do Índio Iroquois (M6), que foi construído na forma de uma maloca tradicional e abriga a maior coleção pública de arte contemporânea Iroquois no mundo. O Iroquois Performing Arts Theatre encanta com música e dança que exploram 10.000 anos da história das tribos nativas americanas. Pode-se também visitar o parque natural de 45 hectares, área para piquenique com duas casas de madeira de 1850. Há uma taxa de entrada.

 

Em 1842, Lester Howe explorou a legendária "Blowing Rock" tão presente na cultura índios americanos, e descobriu enormes cavernas subterrâneas. Hoje, é possível visitar as Howe Caverns (A4) e ver suas maravilhosas formações, descendo 156 metros a um mundo de estalactites e estalagmites, com rio e lago subterrâneos, pedras enormes, grutas, e muito mais. Aberto o ano todo, oferece uma variedade de visitas guiadas a escolher entre horários e preços.

 

Já nas Secret Caverns (A5), podemos explorar uma magnífica cachoeira subterrânea de 100 metros, juntamente com estalactites e estalagmites bastante incomuns. Estas cavernas foram descobertas quando, em 1928 , duas vacas caíram em um buraco de 85 metros de profundidade. A investigação da caverna desvendou o final de uma passagem subterrânea onde há uma cachoeira de 100 metros de altura. Há passeios conduzidos por guias treinados à disposiçao, com taxa de entrada.

Continuando ainda pela NY-30, chega-se à pequena aldeia Esperance, onde o nosso passeio panorâmico termina oficialmente. Aqui, não perca a George Landis Arboretum (A6), com sua coleção de aproximadamente 2.000 espécimes de árvores, arbustos e plantas perenes de todo o mundo, por entre mais de oito quilômetros de trilhas que viajam por florestas, campos, lagos e zonas úmidas. A entrada ao Arboretum é gratuita e aberta todos os dias do amanhecer ao anoitecer. Doações são bem vindas.

 

Conheça nossos pacotes
Catskill Mountains
ESTADOS UNIDOS